O melhor vinho para harmonizar com queijos: ajudamos na escolha
29/03/2016

O melhor vinho para harmonizar com queijos: ajudamos na escolha

Ajudamos você a escolher o melhor vinho para harmonizar com queijos: neste pequeno guia encontrará tudo o que precisa saber. Descubra as melhores combinações!

Maridaje de vino y queso

O equilíbrio da harmonização de vinhos e queijos não é casualidade. O queijo, igual que o vinho, encontra-se no mundo todo com o selo de cada região e elaborá-lo é ainda hoje uma arte. Os complexos e deliciosos sabores dos queijos se enaltecem e encontram o equilíbrio de uma união perfeita perante a companhia dos vinhos apropriados.

Vinho e queijo: aliados naturais

Vinho e queijo são aliados naturais que oferecem múltiplas alternativas para desfrutar juntos. Essa harmonia na união de ambos produtos surge de suas variadas semelhanças. A produção tanto de queijo quanto de vinho, tem-se estendido mundialmente dando lugar à denominação de origem. Além disso, de forma análoga ao vinho, embora os queijos mais conhecidos são elaborados principalmente a base de leite de vaca, ovelha, cabra e búfalo, existe um grande número de variedades inusuais e referentes dos lugares que deram sua origem, como o queijo de veado, típico da Escandinávia ou o do Yak, originário do Himalaia.

Igual que o vinho, a produção de queijo supõe um processo de fermentação e o resultado final dependerá dos métodos empregados para sua elaboração e o tratamento que receber durante o amadurecimento. Assim como o vinho, o queijo é um produto vivo cujas propriedades vão evolucionando e, sob os cuidados apropriados, com o tempo surgem as características desejadas. Paralelamente à criação nos vinhos, alguns queijos também se maturam, o que possibilita uma maior complexidade de suas propriedades.

Harmonização de vinhos e queijos

Existem regras estabelecidas e geralmente aceitas na hora de harmonizar. Porém, na prática, harmonizar simplesmente se trata de encontrar uma combinação para seduzir os sentidos e convidar para continuar a experiência da degustação.

Na harmonização de vinhos e queijos, o primeiro passo para conseguir uma ótima união é prestar especial atenção às propriedades de cada produto, descobrindo através dos sentidos aromas, sabores, texturas e formas que admitam combinações acertadas. Como regra geral, o melhor vinho para acompanhar queijos será o que realce os sabores e destaque a complexidade do queijo. Neste sentido, vinhos frescos e leves complementam à perfeição queijos igualmente frescos e pouco intensos. No outro extremo do espectro sensorial, para acompanhar queijos maduros e intensos será preciso pensar em vinhos com mais taninos, com maior adstringência, que equilibrem a sensação gordurosa de alimentos com elevado teor de gordura.

Maridaje de vino tinto y quesos

Escolher o melhor vinho para acompanhar queijos

Como referimos anteriormente, o melhor vinho para acompanhar queijos dependerá das propriedades dos produtos selecionados. Recomenda-se começar a degustação pelos mais frescos, como os queijos cremosos, queijo de cabra ou mozzarella di búfala, por exemplo e concluir pelos de pasta dura e aqueles de aromas e sabor picante más intenso, como é o caso dos queijos azuis. Desta forma, a intensidade dos sabores incrementa-se de forma gradual, fazendo a experiência mais agradável ao paladar.

Os vinhos escolhidos devem seguir um critério idêntico. Começando de varietais jovens e leves, a recomendação é que a complexidade for em aumento, concluindo com vinhos robustos e reserva. Desde Adega Garzón sugerimos uma opção para harmonizar vinhos e queijos. Em primeiro lugar, começar por um queijo de cabra e acompanhá-lo com Garzón Alvarinho 2015 ou Garzón Pinot Noir Rosé 2014, vinhos refrescantes e de boa acidez. O seguinte passo inclui queijo Gruyere ou Camembert, se preferir, para acompanhar com Garzón Sauvignon Blanc 2015, vibrante e de boca longa.

Para concluir, Garzón Tannat Reserva 2012 e queijos azuis ou Parmesão. Pela estrutura densa de taninos envolventes, é a escolha ideal para acompanhar queijos de maior teor de gordura e aromas intensos.

Garzon Tannat Reserva 2012

Como preparar a tábua de queijos

Após ter escolhido os passos, só é preciso levar em conta algumas questões que contribuirão à experiência da degustação. Como primeira regra para preparar a tábua de queijos, eles devem estar a temperatura ambiente, para potenciar os aromas de cada estilo. Seja que utilizemos bandeja de madeira, cerâmica ou aço para a apresentação, é importante evitar o contato entre os diferentes estilos de queijos. É igualmente recomendável adicionar frutas frescas e secas na tábua, que somam à combinação de sabores diferentes texturas, adicionando frescor frente à untuosidade do queijo.

Veja todos os vinhos
Vinhos

Nossas recomendações

Alvarinho
Reserva 2018

Alvarinho

Tannat
Single Vineyard 2017

Tannat

Cabernet Franc
Cabernet Franc
Petit Clos 2016

Cabernet Franc

Turismo de vinho

Outras Experiências Garzon

  • Piquenique entre os Vinhedos
    Turismo de vinho

    Piquenique entre os Vinhedos

    Desfrute de um piquenique entre os vinhedos e um percurso caminhando ou de bicicleta

  • Turismo de vinho

  • Garzón Premium Experience
    Turismo de vinho

    Garzón Premium Experience

    Descubra os recantos secretos da adega e o vinhedo enquanto degusta nossos vinhos mais icónicos

  • Tour Garzón Reserva
    Turismo de vinho

    Tour Garzón Reserva

    Deleite-se com a bela vista e visite a adega enquanto degusta vinhos da linha Reserva